26 de jan de 2012

Muro da Saudade

Ah se a saudade fosse um muro
Um lado de lá, um lado de cá.
Colocaria meu ouvido na parede
Na esperança de escutar
Sua voz a me chamar.
                                                        E ao menor sinal,
Um gesto de amor,
Aventurava-me a escalar.
Pularia do lado de lá.
Entraria em seu quintal
Para Um beijo roubar 
 A saudade matar,
E Este muro derrubar.

2 comentários: