21 de jan de 2018

Gotinhas



Participando da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto
Prestando atenção nos pequenos detalhes de tudo.
Assim compreendemos melhor o universo e tudo que nele está contido.
Quer participar também? É só clicar no selo acima para saber como.

Semana 3

As plantas parecem tão mais cheias de vida após a chuva!
Quando criança gostava de olhar as gotinhas de orvalho nas plantas, lentamente iam evaporando, escorregando...O dia começava cedo pra vermos o mundo.
A gente cresce e esquece de olhar o que nos encantava.
Mini rosas que ganhei de minha madrinha
Era um galhinho do tamanho de um palito de fósforo.




5 comentários:

  1. Que frase mais linda e tanto faz pensar: crescemos e esquecemos de olhar o que nos encantava!
    Pena isso! Temos que re-olhar, recuperar esse mágico e lindo olhar! beijos praianos, chica e tuuuuuuuuuuuuuuudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. É verdade, talvez seja pelo fato de que, quando adultos, a azáfama da vida, toma o tempo e cega o olha.
    Lindo! Bom dia, Dalva.

    ResponderExcluir
  3. Linda e cativante sua partilha! Nas gotinhas do dia a dia Deus nos presenteia e a correria da vida não nos deixa ver esses presentes. Como você diz, devemos lembrar de olhar esses presentes dados com tanto amor todo dia por Deus.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  4. Olá Dalva, as gotinhas de orvalho é um espetáculo maravilhoso! Sempre compro mini rosas e as minhas morrem, a sua está linda! Bjs Nice

    ResponderExcluir
  5. Dalva, bem assim.
    Quando a gente é criança parece que tudo encanta a gente.
    Ficamos mais velhos, os olhos cansam...meu Deus, que triste isso, cansar de ver...
    Por isso eu quero tanto esse reolhar a vida, a folhinha pequena da mini roseira...

    ResponderExcluir