15 de mai de 2018

Lembranças de mãe

Participando da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto
Prestando atenção nos pequenos detalhes de tudo.

Assim compreendemos melhor o universo e tudo que nele está contido. 
Semana 19


Passa tão rápido, me lembro até hoje saindo da maternidade e chegando em casa com aquele pacotinho...Um misto de insegurança, esperança...Um desafio, tudo muda...Nós, a visão do mundo no qual colocamos uma vida e a compreensão de nossos próprios pais.

Que mãe de vez em quando não dá uma olhadinha nas fotos e outras lembranças dos filhos quando eram crianças? 

Não sabia se ria ou chorava ao reler este recadinho de Dia das Mães de quando Paulo era criança. 

Tem sempre muito amor para Reolhar nas lembranças do passado e reforçar todo afeto contido nessa longa relação.

A primeira foto feita pela maternidade


Quer participar também?

Clique em Reolhar a Vida para saber como e ler outros Reolhares.


6 comentários:

  1. Dalva, senti daqui toda tua emoção e é a mesma que quem é mãe sente...Um misto de saudades, lembranças, sentimentos tantos e tão bons... Adorei tudo aqui! Beleza! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. OI Dalva, passa rápido demais mesmo. Nossa... como me lembro do dia que cheguei em casa com a minha filha nos braços... é muito bom recordar.
    Uma ótima semana para você.
    Também postei o meu reolhar da semana. Atrasado, mas postei. Se vc quiser ver, está neste post aqui:https://inventandocomamamae.blogspot.com.br/2018/05/a-semana-19-de-2018-easy-fique-bem-easy.html

    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Dalva. Uma bonita participação.
    É uma sensação maravilhosa. Mãe é uma benção divina, única. Que linda a foto, e mais linda foi as palavra do amor que ele tem por ti.
    Boa semana!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. Olá Dalva
    Passando para conhecer seu cantinho. Como esquecer esse dia tão importante em nossas vidas. As vezes da saudade mesmo. Que linda foto. Aguardo sua visita no meu cantinho. Boa noite para vc. Já estou seguindo vc.

    ResponderExcluir
  5. Oi Dalva, boa tarde!
    E tem como não "reolhar a vida" ao olhar p/esse carinho?
    Não amiga, não tem. Eles crescem, a vida continua, mas esse carinho fica p/sempre como tatuagem né? kk
    Bjsssss

    ResponderExcluir