24 de jun. de 2018

Reolhando velhas receitas


Participando da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto

Prestando atenção nos pequenos detalhes de tudo.
Assim compreendemos melhor o universo e tudo que nele está contido. 
Semana 25 


No processo de desapegar e minimizar tudo em minha vida, cheguei finalmente a 2ª triagem das receitas. Pense em uma pessoa que desde menina guardava todo tipo de receita, enviava cartinhas para as empresas e recebia livrinhos, recortava receitas de embalagens, assistia Ofélia e por aí vai...por quase cinquenta anos.

Não foi fácil, ainda falta um pouco, retive as que faço sempre e são coringas. A maioria eram boas mas nunca testei e se não o fiz até agora, com certeza não faria, então...

Muitas receitas têm histórias, lembro da situação e de quem ganhei, lembro dos cadernos que amarelaram, que comprei para anotar ou colar...
Desapegar dos livros da União não foi fácil

Hoje receitas são instantâneas, mas ainda prefiro as "minhas" velhas receitas, cheias de histórias, de tempo "perdido" em frente a televisão aprendendo...Curto vários sites e blogues de receitas, mas só os que vibram nesta mesma pegada.


Esse pão de queijo faço há anos, ganhei a receita de um rapaz, o Gilberto, que trabalhava comigo no Metrô, é básica, sem frescura e muito melhor que pão de queijo congelado.

Pão de queijo do Gilberto

Em tempos que te pedem uma receita e nem um 'obrigado' dão, cada receita dessa que pego nas mãos agradeço a quem/o que, me deu ou ensinou. 

Tem um milhão de receitas de pão de queijo, mas a minha definitiva é a do Pão de Queijo do Gilberto.

O tempo (que resta) faz a gente ser seletivo em tudo, até numa receita de pão de queijo. 
Gratidão.


Quer participar também?

Clique em Reolhar a Vida para saber como

 e ler outros Reolhares.













11 comentários:

  1. Que legal e lembro que teve tempo que tambem guardei e colecionei receitas de revistas. E as do União eram ótimas.
    Tambem desapeguei cdelas mas já há muiiito tempo pois simplifiquei minha vida e so quero coisas rápidas, poucos ingredientes e fácil de fazer.

    Aforei teu post e fiquei babando por esse pao de queijo do Geraldo. É receita das boas, simples???

    Bjs e tudo de bom.chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Dalva, bt!
    Sou dessa turma amiga, tenho milhões de receitas copiadas da TV, revistas, livrinhos e livros que ganho de presente e assim como vc, volta e meia preciso dar umas "reolhadas" nas receitas p/que desapegos possam ser feitos e p/que eu não seja confundida como uma "acumuladora" kkkk.
    O que eu queria mesmo era uma fatia desse pão maravilhoso. Acho que falta um post com essa foto e a receita do pão de queijo do Gilberto né não? Kkk
    Bjsss amiga e uma semana de sucesso e abençoada é o que desejo p/vcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dinha, enviei para seu e-mail

      Excluir
    2. Já peguei Dalva e com certeza vou fazer!
      Bjss e obrigada amiga

      Excluir
  3. Olá, Dalva!
    Boa noite, tudo bem?
    Curto blogagem coletiva porque é sempre surpreendente...que legal esta sua postagem, não esperava!
    Também tenho umas receitas que recortava da caixa de maizena e outras que nunca fiz, guardo a tanto tempo e sei que não farei...é o apego. Vou desencanar e me desfazer também, obrigada pelo incentivo!
    Agora, esse pão de queijo do Gilberto, bem que você podia fazer uma postagem ensinando a receita, fiquei com água na boca rsrs
    Ótima semana e até, então!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, ontem mesmo estava organizando minhas muitas receitas. Tive ímpeto de jogar muitas no lixo... Tantos cadernos, tantos recortes de jornais, de embalagens de alimentos. Também, como você, costumava escrever paras as empresas (quase sempre Nestlé) pedindo livros. Tenho tantos, tantos... Recentemente fiz um caderno com o título "Receitas de família que deram certo". Penso que minhas filhas vão precisar dessas receitas um dia. Será? Ultimamente o que tenho feito mesmo são as receitas da Rita Lobo - todas bem práticas e rápidas, com apenas um clique você encontra o vídeo, o texto, as fotos... Mas fiz questão de comprar, aos poucos, todos seus livros. E não é que me peguei copiando do livro para meu caderno? Pode isso? Não perco o hábito. Adoro seus textos, cheio de poesia e lindas lembranças. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Dalva:
    Tá que nem eu essencial minimalista.
    beijocas

    ResponderExcluir
  6. Oi Dalva,aqui quem gosta de receitas é a Pepa, também tem livros e cadernos, eu aprecio os quitutes..kkkkk
    Existem receitas especiais, com aroma e sabores especiais, que além de ficarem na memoria, estão no coração.
    Esse pão de queijo do Gilberto esta muito apetitoso.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
  7. Oi Dalva!
    Lendo o que escreveste me dei conta que tenho um livro de receitas que ganhei de uma amiga quando casei, 48 anos, kkkknâo o uso mas, quem diz que me desfaço dele? É grande, difícil de acomodar, mas está lá é apêgo mesmo.Também sou louca por receitas, a maioria nunca fiz pois como dizes temos as nossas coringas e as fazemos sempre. Vou tentar desapegar também.
    Abrçs amiga

    ResponderExcluir