3 de set. de 2018

Cachorrinhos queridos

Participando da blogagem coletiva da Elaine Gaspareto
Prestando atenção nos pequenos detalhes de tudo.
Assim compreendemos melhor o universo e tudo que nele está contido.
Semana 35

Este final de semana foi de matar saudade de ter um cãozinho em casa, meu ex se casou e a família dele (que ainda considero minha) para irem à festa deixou o Pequeno aqui comigo, não é fofo?!

Oi, sou o Pequeno!

Ele é um amor, totalmente tranquilo, já fiquei outra vez com ele e ficarei quantas precisarem, é muito bom e mato a saudade de ter uma vidinha zanzando pra lá e pra cá, para cuidar e amar.

Meu Reolhar foi uma mistura de presente e passado revivido, muita saudade do meu cachorro Millow, meu grande amigão!

Era o queridinho da mamãe, carneirinho saltitante
 mais alegre do mundo...


Quer participar também?
Clique em Reolhar a Vida para saber como
 e ler outros Reolhares.



21 comentários:

  1. Como é bom ter esses amiguinhos em casa!O Pequeno é um amor e o Milliw me fez lembrar nossa tambem saudosa CUCA!!!Lindo post e que bom ter harmonia em familia! Bjs e ótima semana!chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro do seu post falando da Cuca, eles fazem parte de nossa história. Harmonia é sempre a melhor opção! bjs

      Excluir
  2. E que belo "reolhar" heim amiga. Na minha opinião amor igual não tem. Ter um animalzinho em casa é ter um amor sem interesse, é ter uma troca verdadeira de amor e amizade. Parabéns!
    Bjssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, se fosse mais jovem para cuidar em todos sentidos de um certamente adotaria um.Bjs

      Excluir
  3. Amar sem pedir nada em troca. Talvez seja esse o motivo que nos afeiçoamos tantos aos bichinhos. A minha filha tem uma cachorrinha beagle, no início foi uma luta aceitar. Acabamos doando duas vezes, mas não deu certo, ela fazia muita bagunça e os dois novos donos devolveram. Fico aqui me imaginando, como tive coragem doar a bichinha? Hoje ela é tão boazinha, dorme o dia inteiro, faz tanta festa quando chegamos em casa. Fica do meu lado, me olhando com esse olhar pidão. Não tem como ter o coração duro, acabo sempre deixando meus afazeres para sair com ela, coisa que ela ama. A filha começou a trabalhar e sobrou pra mim. Fazer o quê?
    Conviver bem com o ex é coisa para quem tem uma alma pura. Harmonia é tudo. Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muito companheiros mesmo, ninguém que ama um cãozinho se sente só na vida. Ela para ela ser de vocês mesmo!
      Penso que devemos preservar o que de bom acontece na vida da gente, o fato de acabar um casamento não significa que o que foi bom deixou de ter sido importante, tudo tem seu tempo. Bjs

      Excluir
  4. OLá Dalva, que belo gesto amiga,a paz é gratificante, ser amiga ou (o) do ex realmente não é para qq pessoa, é preciso muita classe e coração pacífico.
    Pena, seu lindo cãozinho que não existe mais! A gente sente saudade infinda.
    Hoje tem homenagem para Elvira Carvalho!
    https://parabensefelicidades.blogspot.com/


    Bjs Dalva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para que conflitos, harmonia deve ser procurada, sempre! Meu Millow vive em meu coração! bjs

      Excluir
  5. Olá Dalva querida


    Animais são seres especiais...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  6. Dalva,
    Os cachorrinhos são grandes companheiros e, nos nossos dias, ele realmente fazem parte da família. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Ei Dalva.
    Eu não tenho animais,
    mas tenho plantinhas e flores.
    Linda publicação.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catia, plantinhas também podem ser de estimação de certa forma, ao cuidar delas criamos um elo. Bjs

      Excluir
  8. Oi, Dalva!
    Que amorzinho...o pequeno é um fofo, e o Millow, imagino quanta falta faz!
    Uma ótima semana, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, sinto sim, tínhamos uma ligação imensa, foi amor à primeira vista! bjs

      Excluir
  9. Oi amiga, bn e obrigada pela visita!
    Bjssss

    ResponderExcluir
  10. Que post lindo.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, querida Dalva!

    Grata por sua visitinha e gentil comentário.

    Que bonito seu gesto! Essas "criaturinhas" são o melhor k há. São puros e leais.
    Adorei ver as fotos deles.

    Beijos e bom feriadão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, Céu, o melhor amor do mundo no sentido de se doar incondicionalmente. Bjs

      Excluir
  12. Obrigada amiga pelo comentário lá no cantinho!
    Bjss e ótimo FDS p/vcs 💋

    ResponderExcluir
  13. Oi Dalva, sempre tivemos animais, não consigo imaginar não te-los, apesar de quando um deles morre, a gente sofre tanto que pensa não vamos adotar outro, mas assim que aparece um filhote, adotamos, e a felicidade ajuda atenuar a dor da perda.
    Muito fofo esse cachorrinho, tem uma carinha de esperto, quem sabe você se anima e adota um pra você.
    Boa semana,beijos,Vi

    ResponderExcluir