28 de dez de 2018

Músicas e momentos de mãe e filho

Blogagem Coletiva 

Músicas da minha vida


Clareana

Um coração
De mel de melão
De sim e de não
É feito um bichinho
No sol de manhã
Novelo de lã
No ventre da mãe
Bate um coração
De clara, Ana
E quem mais chegar
Água, terra, fogo e ar...



A música Clareana é de 1980, letra de Beto Guedes, fez muito sucesso na época, mas foi a partir de 1992 que ela passou a ser uma das músicas de minha vida, quando filho nasceu e voltei para casa com meu presente maior.

Era a música de ninar, de acalmar, de alegrar...Ele adorava e ficava me olhando com aqueles olhinhos espertos e atentos, absorvendo o som, minha face...

Minha cunhada dizia que quando eu estava trabalhando e ela cantava os olhinhos dele se enchiam de lágrimas...Saudade, tristeza talvez, sabe-se lá o que sentem os bebês, mas emoção com certeza havia.

Os laços começam cedo, embelezam, se transformam, afrouxam, libertam, mas o "pacotinho" sempre conterá o mais puro afeto.


Para encerrar a Blogagem Coletiva músicas da minha, não poderia deixar de escolher uma música Otaku, dos tempos que curti os eventos de Anime/Cosplay junto com ele.







Desde pequeno, não era fantasia de carnaval, era Cosplay.
Aqui de Chris Radfield de Resident Evil.
E o Millow sempre junto!


Não foi fácil escolher uma só, tem músicas lindas neste universo, meu pen drive (aqueles de pilha) era lotado delas, minha trilha sonora na época.

Escolhi esta abaixo porque além da música ser linda, assisti o anime (Hunter X Hunter) que também é muito legal.





Foi um prazer participar da Blogagem Coletiva do  Tacho da Pepa, e ler todas participações.


















32 comentários:

  1. Dalva, que bom te ver nessa ultima edição dessa BC tao musical.
    Gostei das fotos, de vervo menino e o Parceirinho Millow...

    Muoto lindo o mosasico de foto e a Clareana emociona! Adorei!
    Que tenham um lindo e muito feliz 2019 e que nele novamente nos encontremos sempre aqui! Bjs e tuuuuuudo de bom, chica

    ResponderExcluir
  2. Dalva, quanto sentimento nesse texto. Muito verdadeiro o que escreveu. Feliz 2019 para você e sua família. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Helena, para você e sua família também um ótimo 2019. Foi muito bom tê-la conhecido! Bjs

      Excluir
  3. Dalva,
    Gostei da música que você escolheu, e das fotos de várias épocas.
    Feliz 2019, com muitas alegrias, saúde e paz. Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Mais 365 dias de novas oportunidades estão a nossa espera no ano que está chegando e que todas as realizações alcançadas neste que está quase terminando sejam apenas sementes plantadas que serão colhidas com todo amor no Novo Ano que está por vir, espero que nos encontremos muito em 2019...


    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  5. Que músicas lindas e que marcaram uma época. "Clareana", a liga a seu amado bebé. Que doçura k só mãe tem!
    As fotos com seu filho, em diversas idades estão mto interessantes.

    Beijos, bom fim de semana e excelente ano novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Céu, mães lembram (nem sempre) para sempre, filhos esquecem memórias lá do comecinho da vida...Bj

      Excluir
  6. Oi, Dalva!
    Fechou muito bem o ano com esta postagem, quanta emoção!!!
    As fotos com seu filho estão bem interessantes mesmo, ele com o cão da raça Setter... me fez viajar pra minha juventude.
    Como sempre, você escrevendo muito bem!
    Abraços fraternos em você, seu filhote e família. Muitas alegrias, minha querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sandra, essa foto engana, o Millow era um cooker, assim de costas parece mesmo ser um setter por causa da tosa, que aliás foi a primeira e única, ele voltou muito estranho, nervoso e raivoso com o filho, por coincidência ou não no pet havia um menino da idade do Paulo, sabe-se lá o que rolou...Demorou para ele voltar ao normal, nunca mais o levei. Bj

      Excluir
  7. Oi Dalva, a primeira música eu lembro bem, fez muito sucesso na época, já do Anime, não conhecia, gostei, tenho ouvido muitas músicas coreanos e chinesas por causa do doramas.
    Obrigada por participar da Blogagem, foi muito bom ter sua companhia.
    Que 2019 lhe traga muitas felicidades, saúde, paz, beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vi, tudo de bom para vocês também, bjs

      Excluir
  8. Uma partilha musical envolta de muitas emoções, amei!
    Desejo-lhe um anovo novo pleno de realizações, felicidades, paz, saúde e bençãos divinas!
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  9. Bom Dia de Alegria de novo ano, querida amiga Dalva!
    Que surpresa encontrar Saquarema no inicio do video!
    Vim da Região dos Lagos no RJ onde morei 12 anos...
    Ia sempre por lá e a praia é muito gelada... extremamente salgada.
    Que belas lembranças me trouxe aqui!
    Sem contar que fajar de filhos é, para a mãe, uma lembrança sempre viva e eterna.
    Muito obrigada pela partilha e vou ouvir agora a música seguinte.
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    😘⚘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana, Rosélia, devia ser realmente um lugar lindo, relembrar é sempre bom!
      Concordo com vc sobre o falar das mães sobre os filhos.
      Obrigada pela visita, abraço.

      Excluir
  10. Oi querida
    Que delícia de post!
    Eu amo ver as fotos de vocês e saber mais sobre histórias de vida (lindas)
    Músicas especiais também embalaram meus pequenos por aqui.
    Adorei ver o Millow junto com o filhão!
    Obrigada pelo carinho e pelas visitas no blog. Adoro!
    Feliz 2019 com muitas coisas boas por aqui
    Beijão
    Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que alegria pelo comentário tão gentil, os blogues proporcionam essa interação, bacana demais!
      E vamos lá que o tempo não pára, abraço

      Excluir
  11. Linda postagem, Dalva! Cheia de lembranças e emoções!
    Feliz Ano Novo!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi, Dalva,

    Música é uma coisa maravilhosa, concordo com o Nietzsche quando ele diz que a vida seria um erro sem a música. Achei muito legal que você tenha criado um laço especial com o seu filho, através dessa música do Beto Guedes (Joyce). Este é o tipo de memória que fica para sempre.
    Uma das minhas filhas também é fã dos animes/cosplays, mas eu tenho que confessar: não conheço as músicas relacionadas a essa arte, rsrs.

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marly, tem umas que são bem legais mesmo, outras nem tanto rsrs Se tiver oportunidade vá um dia com ela para conhecer um pouco dessa cultura, parei de ir porque é muito cansativo, joelhos já não aguentam ficar horas em pé, efeitos da véice rs

      Excluir
  13. OI DALVA1
    ACHEI LINDO DEMAIS A CONEXÃO DE VOCES, É COISA DE MÃE E FILHO MESMO.
    UM GRANDE ABRAÇO E VOTOS DE UM 2019, PLENO DE PAZ E AMOR PARA TI E OS TEUS.
    https://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá, que linda postagem, eu digo ver uma mulher falando do filho é ve-la expressar o maior dos sentimentos Amor... Feliz 2019 bjinhos

    ResponderExcluir
  15. Jura que teve que usar bengala por causa das quedas? Mas ainda bem que não quebrou nada. Já caí várias vezes e nunca tinha quebrado nada, mas acho que com a idade (ô catissu), os ossos ficam mais frágeis e qualquer tombo danifica. O tombo que levei na av. Paulista não quebrou nada, mas fiquei por uns 3 dias com os braços doloridos. Tenho uma raiva danada quando o povo diz que o paulistano é frio. Frio? Não contei tudo no post, mas 3 pessoas vieram me oferecer ajuda, acredita? Por isso que eu amo mesmo minha cidade, que abraça todo mundo, sem preconceito de cor, raça, idade, condição social. Sinto-me muito bem quando estou aí, ando de metrô pra baixa e pra cima, adoro o centro, Liberdade, a proximidade com o litoral que amo, as tantas cidades do interior evoluídas, as estradas boas.. Nossa, chega, né? kkkk Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena, acho que os paulistas estão mais acostumados com quedas, faz parte do cotidiano com tantas calçadas quebradas, degraus...Mudar um país se nem conseguimos ter ruas bem calçadas e lixo na lixeira...Melhor a gente se cuidar, mas se acontecer, esperemos que nos acudam, infelizmente estamos cada vez com mais medo de nós mesmos...
      Abração!

      Excluir
  16. Que bela musica. Amei as fotos. Bom ter compartilhado aqui. Bjs querida

    ResponderExcluir