Páginas

18 de set. de 2021

Atmosfera


Tanta vida acontecendo em uma plantinha "qualquer".
O que cabe neste breve respirar?




Alguns casulos se transformarão neste inseto 
que se confunde com os brotos e sementes quando quase secas.

Poucos vivem até a transformação final.




Parecem baratas, mas não são.






A paina se rompe suavemente para levantar a semente.
A vida espera um sopro do vento.














Todos existem, conscientes ou não.
Tudo nasce e morre o tempo todo, a atmosfera pertence a todos.
E a primavera está batendo à porta, sentem?
O que queremos ver, sentir, realizar?
Procuro ar puro na natureza silenciosa, em busca de poesia.
Desejo a quietude dos voos interiores, das palavras  desarrumadas flutuando perdidas em busca de sentido, sem verborragia, sem busca de atenção, sem ser alvo de pertubações delirantes e excesso de informações.
Despir as roupas pesadas, dar um salto no céu para inspirar ar puro prolongadamente e quem sabe voltar, colocar meus pés no chão, em paz.
Longe das balas e conflitos, longe de todo tipo de guerra. 

Dalva Rodrigues 
18/09/2021









70 comentários:

  1. As flores, as frutas, e os insetos, sempre se deram muito bem.
    .
    Fique feliz … cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Coincidência, andei fotografando umas plantas por cá também, por causa da proximidade da Primavera. E o que queremos que venha com a Primavera - coisas, na verdade, simples, como o ar puro, na natureza silenciosa, sem verborragia, sem busca de atenção, etc. parece muito difícil de realizar nesse momento. De alguma maneira, nos jogaram numa engrenagem que se movimenta sem parar, arrastando a gente de uma forma quase inacreditável. Mas nós temos que resistir, temos que estabelecer como queremos viver, independentemente dos planos que outras pessoas tenham imaginado para nós.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Dalva, que lindas tuas fotos e reflexão! Realmente em TUDO há vida...Algumas são esquecidas, mas...existem! Quisera todos pudessem apenas curtir as flores ,a chegadas da nova estação, seja como pra nós a primavera e para outros de lá, o outono. Seria maravilhoso que TODOS tivessem esse direito de curtir a natureza e aproveitar... Adorei te ler! beijos, lindo domingo e feliz PRIMAVERA qiue está quase chegando...chica

    ResponderExcluir
  4. Aquilo de que se está a falar é da celebração da vida, de que a primavera é um forte exemplo, primavera que se aproxima do hemisfério sul.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeitar para poder celebrar a vida, muito obrigada Juvenal, bjs

      Excluir
  5. Oi Dalva a paz não tem preço e observar a natureza, cuidar dela nos conduz a esse ambiente tranquilo e de paz, existem momentos que o melhor é preservar a nossa natureza, muitas agressões destroem nossa saúde física, mental e espiritual.
    Amei as fotos, lindas, infelizmente os besourinhos sugam o liquido da planta e secam seus galhos, quando aparecem por aqui, geralmente atacam meu limoeiro, portanto tenho que mata-los.
    Tomate é difícil de vingar, mas o tomate sem agrotóxicos tem outro sabor.
    Amei seu post, boa semana, beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso Vi! Já comemos alguns tomatinhos, realmente deliciosos. Muito obrigada, bjs

      Excluir
  6. Magnífica esta sua (diferente) publicação, amiga Dalva!
    O ciclo da vida mostrado na sua plenitude; escolha musical 5 estrelas; palavras «arrumadas ou desarrumadas», sempre inspiradas, sempre a exigirem reflexão.
    Aqui, chega amanhã o Outono. Que traga paz, amor, luz e serenidade.
    Beijo amiga, e uma linda, colorida, feliz, abençoada Primavera.

    ResponderExcluir
  7. Eu também quero tudo isso que você quer, Dalva!
    Fico olhando as plantas, as suas flores e fico pensando sobre elas. Sofrem? Não sofrem; são desprovidas de sistema nervoso. Árvores imensas, antigas sentem alguma coisa?
    Sabe o que acontece, Dalva, estamos todos muito cansados, nunca termina essa pandemia, sempre uma dúvida pairando após irmos ao dentista ou precisar fazer algum exame. E essas coisas horrorosas que assistimos no nosso país, dá um 'pretume' na vida, nas alegrias, no respirar.
    Mas temos de caminhar em direção de alguma coisa, e um pouquinho de esperança temos de ter,
    Gostei muito de te ler, querida amiga. Vamos em frente. Só temo esta atmosfera atualmente.
    Uma feliz semana, na medida do possível.
    Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Tais, vamos tentando nos equilibrar para sobreviver da melhor maneira possível no caos.
      Muito obrigada, bjs

      Excluir
  8. É preciso mudar, é preciso estar nesta metamorfose continua,
    que a natureza nos apresenta em tempo presente, primaverar-se.
    Permitir-se ser botão e ser flor ou um doce saboroso fruto.
    Constante seja nosso sonho e desejo, no despojar-se dos fardo,
    criar os processos, que nos resgate a leveza com gentileza.
    Linda analogia, e ilustração que por si diz muito e findo com
    esta bela musica Dalva.
    Grato amiga por nos brindar com uma bela inspiração.
    Beijo de paz no coração e que sua semana flua leve como paina.

    ResponderExcluir
  9. Oi Dalva, bom dia!
    Creio que assim também seja a transformação de nossas vidas, pena que na maioria das vezes não percebendo isso, deixamos de enxergar tantos "ensinamentos" que a natureza nos envia né?
    Lindo post. Parabéns!
    Bjssss querida

    ResponderExcluir
  10. Faço minhas a s suas palavras.
    A nossa vida, tal como a da maioria dos seres vivos do nosso planeta, é demasiado curta para perdermos tempo em conflitos, guerras e outros acontecimentos contrários à nossa felicidade.
    Excelente texto, tal como as fotos, que foram muito bem escolhidas.
    Continuação de boa semana, amiga Dalva.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Dalva, gostei dessa sua postagem que traz o otimismo da primavera, depois desse inverno gelado, pelo menos aqui no sul, como não acontecia desde 1991, segundo informações da meteorologia. Pelo que vi, o inverno também foi rigoroso aí em São Paulo. Mas, agora tudo são flores, pois se faz presente a primavera.
    Um excelente fim de semana, com saúde e paz.
    Um fraterno abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, até o clima está maluco, aqui em São paulo houve um dia que teve praticamente as 4 estações no mesmo dia. Ainda temos as flores, muito obrigada, bjs

      Excluir
  12. Dalva, parabéns!
    Quanta sensibilidade em toda esta sua publicação. Desde a fotos à escolha da música, adoro ouvir Harry Styles, até à magia das sua palavras. Lindo demais !

    Obrigada e um beijinho pelas suas palavras de apreço no meu blogue.
    Bem-Haja!

    ResponderExcluir
  13. As plantas do meu jardim
    São iguais ás que tu tens.
    Um jardim é cá pra mim
    Uma colecção de bens...


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Versos lindos, Sol...uma coleção de bens... Muito obrigada, bjs

      Excluir
  14. Que postagem doce, Dalva.
    Suas palavras e a música tudo perfeito.
    Linda Primavera te desejo.
    Tenha um abençoado fim de semana.
    Beijinhos
    Verena.

    ResponderExcluir
  15. Que postagem linda e reflexiva. Na natureza todo dia é celebração. E vida que se finda, vida que se transforma,vida que cria. Abraços.Tenha um bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela visita e comentário, Edite, bjs

      Excluir
  16. Ei Dalva,

    Que seleção de imagens e texto maravilhosos! Amo plantas e insetos e adoro fotografá-los também!

    Essa música que escolheu para a postagem tem uma letra muito bonita. Ainda não havia visto o videoclipe.

    Tanta vida acontecendo ao nosso redor, não é mesmo? Tanto para se observar e admirar.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É admirável mesmo, Eliana, muito obrigada pela visita e comentário, bjs

      Excluir
  17. Passando p/desejar um dia maravilhoso p/vcs!
    Bjssss amiga

    ResponderExcluir
  18. Olá Dalva
    Obrigada por brincar junto lá no blog.
    Te desejo um lindo dia.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderExcluir
  19. Que belo soneto querida. Bom ter compartilhado. Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi, Dalva!
    Precisamos de mais postagens reflexivas como essa. Para respeitar a harmonia da natureza, o homem precisa estar em harmonia consigo mesmo. Quem não respeita a criação, diz muito de si mesmo!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Luma, individualmente é possível, mas coletivamente...será que promovemos essa harmonia na natureza? Muito obrigada, bjs

      Excluir
  21. Gostei de reler o seu magnífico texto.
    Continuação de boa semana, querida amiga Dalva.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  22. Um texto lindo e plantas também maravilhosas...um beijinho e resto de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  23. Um bom fim de semana, querida Dalva!
    Beijinhos, obrigada pelo carinho, amiga!
    beijinhos.

    ResponderExcluir
  24. Revejo...reli e me encanto.


    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
  25. Amo perceber a natureza assim como nos mostram tuas fotos, sou grata por ter o dom de ver e sentir-me bem quando volto meu olhar para qualquer espaço natural....Tuas palavras retratam o momento atual onde me encontro de buscar a paz seja interior ou exterior.
    Muita Luz e Paz!
    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Dalva, passei, revi e reli. O encantamento foi o mesmo.
    Beijo, uma semana iluminada.

    ResponderExcluir
  27. Querida Dalva,
    Tudo o que mais desejo é ter paz, dias calmos e tranquilos, conviver mais com minha família, aproveitar mais os prazeres da vida, as pequenas felicidades, ver o por do sol, sentir a chuva batendo no rosto e estar cheio de amor no coração. A minha ambição sempre foi de ser feliz na simplicidade, é isso o que importa pra mim. Adorei o seu lindo texto, as flores desabrochando e a primavera começando.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alécio, não podemos desistir da paz, jamais! Bjs

      Excluir
  28. Uma excelente postagem que nos chama a atenção para a vida que pulsa, incessante, em todos os seres vivos, transformando-os e dando origem a novos seres.
    Desejar calma, dias tranquilos longe das guerras que, infelizmente, existem... preparar-se, enfim, para bem receber a Primavera - eis os desejos de qualquer um de nós.

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mariazita, sim, a vida é um preparar-se para as estações! Bjs

      Excluir
  29. Boa noite, Dalva.
    Vim aqui agradecer seus comentários nos meus posts. Adoro sua forma de expressão, tão clara e objetiva. Muito obrigada, querida amiga. E parabéns por essa postagem tão linda. Voltar nossos olhos para o desabrochar da natureza é muito gratificante para nós, pois a natureza nos dá poderosos exemplos e nos diz muita coisa. Lembrei do Raulzito e sua metamorfose ambulante. Seria muito bom se pudéssemos mudar assim, como a natureza, resgatando sempre a nossa essência.
    Bjs, Marli
    -
    Blog da Marli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marli! Raulzito estaria mais pirado ainda nestes tempos malucos, adoro! Bjs

      Excluir
  30. Oi Dalva passando para agradecer seu carinho lá no Tacho.
    Boa semana, beijos, Vi

    ResponderExcluir
  31. Gostei de reler o seu excelente texto.
    Continuação de boa semana, querida amiga Dalva.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  32. Meu Deus! É Primavera, época de florescer! Um post que me fez sentir, lembrar e me trouxe até uma tranquilidade e esperança, sentimentos que tem muito a ver com meu momento atual.

    ResponderExcluir
  33. Belissima postagem e inspiração que nos faz vê a vida que pulsa.
    A primavera acontece e com ela as belezas da natureza.

    Beijinhos e uma boa noite.

    ResponderExcluir
  34. Dalva,
    um beijinho grato pela sua presença constante e generosa no meu blogue.
    Feliz final de semana !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço, Fê, bom fim de semana para vc também! Bjs

      Excluir
  35. ...Plantas lindas.Imagens maravilhosas.



    Beijo
    SOL da Esteva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Sol, as plantas trazem uma sensação de ar fresco, de beleza. Bjs

      Excluir